Acessar App StoreAcessar Google Play

Potencialize seu emagrecimento: você sabe quanto de açúcar consume por dia?


O açúcar é considerado um dos grandes desafios para as pessoas que lutam contra a balança. Apesar de muitas pessoas controlarem muito bem a quantidade de açúcar acrescida em preparações e bebidas, existe o açúcar oculto, que é açúcar adicionado nos produtos industrializados, os quais geralmente são consumidos no dia-a-dia.

O consumo excessivo de  açúcar refinado, também conhecido como açúcar de mesa ou sacarose,  é um dos fatores nutricionais envolvidos no aumento de peso, principalmente no acúmulo de gordura localizada na região abdominal. Essa relação ocorre por alguns motivos:

– Elevado índice glicêmico: o açúcar possui um elevado índice glicêmico, o qual eleva as concentrações de glicose no sangue em um curto período de tempo, com consequente  elevação nas concentrações do hormônio insulina, o qual desempenha um importante papel no acúmulo de gordura, principalmente na região da barriga.

– Baixa saciedade: como o açúcar eleva rapidamente as concentrações do hormônio insulina, esse quadro favorece uma queda abrupta das concentrações de glicose no sangue. O papel da insulina é promover a entrada de glicose nas células do organismo. Desta forma, um quadro de hipoglicemia reduz o tempo de saciedade, o que favorece a busca pelos alimentos de forma mais rápida.

A saciedade e o índice glicêmico são importantes fatores a serem considerados em qualquer plano de emagrecimento. Portanto, controlar a quantidade de ingestão do açúcar refinado no seu dia alimentar deve ser levado em consideração, principalmente por  aqueles que querem perder barriga, emagrecer, prevenir e tratar a resistência à insulina (estado pré-diabético).

Dicas gerais para reduzir seu consumo de açúcar:

– Para perder peso e gordura na região abdominal, evite o consumo do açúcar refinado. Caso o faça, limite ao máximo 2 colheres de sopa ao dia. Isso inclui do açúcar branco que é adicionado no café ao açúcar contido nos alimentos industrializados.

– Leia a lista de ingredientes dos produtos industrializados: essa lista geralmente encontra-se na parte de trás da embalagem. A lista é descrita em ordem decrescente, por isso os ingredientes citados primeiro estão presentes em maiores quantidades que os ingredientes citados depois. A consulta da lista de ingredientes é uma ótima estratégia para conhecer os ingredientes utilizados em cada produto, e para selecionar alimentos de melhor qualidade.

–  Tenha uma alimentação baseada em alimentos naturais, ou seja, alimentos que a natureza nos dá.

– Evite os produtos industrializados, sempre que possível.

– Troque os sucos industrializados e refrigerantes pelos sucos naturais da fruta ou de polpa.

– Troque o achocolatado em pó pelo cacau em pó.

– Toque o chocolate ao leite pelo chocolate com maior concentração de cacau (por exemplo 70% cacau).

*Vale lembrar que o açúcar demerara e o mascavo são ótimos substitutivos para o açúcar refinado. Apesar de terem calorias semelhantes, contamos com mais nutrientes que o branco. Mas lembre-se que o teor de carboidratos e calorias diferem muito pouco entre estas opções.


//Artigos relacionados