Acessar App StoreAcessar Google Play

O que escolher: açúcar ou adoçante?

various types of sugar

Muitas dúvidas surgem a cerca deste tema sobre qual a melhor opção para adoçar as bebidas e preparações. Por isso elaboramos este post para ajudá-los na escolha do dia-a-dia. Na verdade, o que direciona a escolha são as necessidades individuais de cada pessoa, por isso é sempre importante estar com os exames em dia e consultar regularmente um médico e um nutricionista para que possam orientá-lo da melhor maneira de acordo com suas necessidades e objetivos.

Colocando em pauta o tema #30DiaSemAçúcar, vale vocês entenderem os prós e contras dos açúcares e adoçantes para colocar em prática as sugestões na vida de vocês.

Porque escolher ou não escolher o açúcar?

Pontos negativos

  • Elevado índice glicêmico: independente de qual seja o tipo de açúcar, todos os tipos possuem um elevado índice glicêmico, o que significa que aumentam rapidamente as concentrações de glicose e insulina no sangue, o que não é indicado para portadores de diabetes e obesidade. A elevação nas concentrações do hormônio insulina facilita o acúmulo de gordura, principalmente na região da barriga.
  • Baixa saciedade: como o açúcar eleva rapidamente as concentrações do hormônio insulina, esse quadro favorece uma queda abrupta das concentrações de glicose no sangue. O papel da insulina é promover a entrada de glicose nas células do organismo. Desta forma, um quadro de hipoglicemia reduz o tempo de saciedade, o que favorece a busca pelos alimentos de forma mais rápida.
  • Consumo excessivo de açúcar: Dados publicados no Brasil apontam que a população brasileira apresenta uma prevalência de 61% de ingestão excessiva de açúcar livre (açúcar de adição somado ao açúcar dos alimentos industrializados). Apesar de muitas pessoas controlarem muito bem a quantidade de açúcar acrescida em preparações e bebidas, existe o açúcar oculto, que é açúcar adicionado nos produtos industrializados, os quais geralmente são consumidos no dia-a-dia. Isso significa que mais da metade da população consume açúcar acima do limite recomendado, muitas vezes sem saber.
  • Para emagrecer: a saciedade e o índice glicêmico são importantes fatores a serem considerados em qualquer plano de emagrecimento. Portanto, controlar a quantidade de ingestão do açúcar seu dia-a-dia deve ser levado em consideração, principalmente por aqueles que querem perder barriga, emagrecer, tratar a hipertrigliceridemia, prevenir e tratar a resistência à insulina (estado pré-diabético) ou diabetes.
  • Pirâmide alimentar: o grupo de alimentos dos doces e açúcares está localizado no topo da pirâmide alimentar, o que indica que seu consumo deve ser limitado e restrito. É importante lembrar, que existem muitos alimentos industrializados que contem açúcar em sua composição.

Pontos positivos

  • Mais naturais: apesar de passar por processos de industrialização, os açúcares são considerados mais naturais do que os adoçantes, que geralmente são feitos à base de produtos químicos.
  • Açúcar demerara e mascavo: são as melhores opções dentre os açúcares por que contem quantidades maiores de vitaminas e minerais em comparação ao açúcar refinado (branco, cristal, de confeiteiro etc).

Porque escolher ou não escolher adoçante?

Pontos positivos

  • Tratamento de diabetes: os adoçantes são indicados principalmente para pessoas que apresentam diabetes e que precisam controlar muito bem a ingestão de carboidratos, principalmente de açúcar.
  • Tratamento da obesidade: indicado para pessoas que estão muito acima do peso e que precisam perder peso.

Pontos negativos

  • Produtos artificiais: a maioria dos adoçantes são produzidos artificialmente a partir do processo de industrialização.
  • Receptores de sabor doce: recentemente estudos científicos demonstram que nosso trato gastrointestinal possui receptores de sabor doce, o que estimula o aumento de peso mesmo com uso de adoçantes.
  • Proibição de consumo em outros países: alguns tipos de adoçantes foram proibidos para consumo em alguns países, dentre estes estão o ciclamato e a sacarina, pois podem apresentar riscos à saúde.
  • Consumo limitado: a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Dietéticos (ABIAD) determina para a população a quantidade máxima aceitável de consumo de determinados tipos de adoçantes diariamente, de acordo com o peso corporal. Na tabela abaixo estão descritos estes valores:

 

Qual a melhor escolha?

Vai depender das condições de cada pessoa. Entretanto, primeiramente é importante pontuar que em uma alimentação saudável, o ideal é que as bebidas e as preparações não sejam adoçadas. As papilas gustativas localizadas em nossa boca são altamente adaptativas, por isso você pode começar reduzindo a quantidade de açúcar e adoçante que elas tendem a se acostumar com o tempo. Desafie-se!

Dicas gerais

– Para perder peso e gordura na região abdominal, evite o consumo do açúcar refinado. Caso o faça, limite ao máximo 2 colheres de sopa ao dia. Está incluído nesta contagem o açúcar branco que é adicionado no café ao açúcar contido nos alimentos industrializados.

– Leia a lista de ingredientes dos produtos industrializados: essa lista geralmente encontra-se na parte de trás da embalagem. A lista é descrita em ordem decrescente, por isso os ingredientes citados primeiro estão presentes em maiores quantidades que os ingredientes citados depois. A consulta da lista de ingredientes é uma ótima estratégia para conhecer os ingredientes utilizados em cada produto, e para selecionar alimentos de melhor qualidade.

– Tenha uma alimentação baseada em alimentos naturais, ou seja, alimentos que a natureza nos dá. Permita que o seu paladar se acostume com os alimentos de forma natural, sem acréscimo de açúcar e adoçante. Nossas papilas gustativas são altamente adaptáveis.


//Artigos relacionados