Acessar App StoreAcessar Google Play

Exercício de instabilidade: saiba os benefícios e quando empregá-lo na sua rotina de treino


Hoje sabemos que todas as academias do mundo tem tais acessórios que promovem instabilidade, como: dyna disk, physioball, cama elástica, bosu etc. Esses acessórios são utilizados de uma maneira simples e foram colocados aos poucos no treinamento convencional. Quando menos esperávamos, estávamos diante de um novo método de treino chamado treinamento com instabilidade. Mas o que o treinamento com instabilidade tem de diferente dos outros métodos?!

Clique aqui e veja um exemplo de exercício em instabilidade

  1. Equilíbrio e propriocepção (controle neuromuscular)
  2. Estabilização espinhal
  3. Ativação dos músculos do core (núcleo)
  4. Ativação do músculos agonista, antagonista sinergistas e estabilizadores

Core (núcleo) e estabilizadores do tronco que são os principais complexo de lombar – pélvis – quadril, músculos envolvidos nessa região mantém a sustentação do corpo como um todo.

Sabendo de tudo isso posso continuar fazendo meus exercícios de peito, bíceps, costas, glúteos quatro apoios em cima desses acessórios??? Isso depende muito! Ao realizar exercícios em condições instáveis sabemos que aumenta ativação do core, co-contração dos músculos específicos para o movimento e de outros músculos não desejados no movimento. Tudo por conta da instabilidade? Sim!!! No estudo de Davi & Behm et al 2004, ao realizar um supino em condições instáveis, diminuiu a produção de força dos músculos do membro superior (peitoral) e concomitantemente manteve a ativação EMG do membro inferior, ou seja, a ativação do membro inferior se mantém para estabilizar o tronco.

A literatura demonstrou que de maneira aguda o treinamento com instabilidade aumenta a ativação do core (estabilizadores do tronco) e de músculos estabilizadores, associado ao aumento do músculos agonista e antagonista levam a co-contração muscular. Aí vem a questão, para que você faz exercícios nas bases instáveis??? Para práticas esportivas, reabilitação, atividades da vida diária e desempenho do atleta. Ótimo!!! Agora se for fora desse contexto pode ter certeza que contrato você para trabalhar no circo já que algo específico do trabalho.

Texto escrito pelo Prof. Darcio Leandro

  • Email para contato: darcio.leandro@reebokclub.com.br
  • Instagram: @darciopersonaltrainer

//Artigos relacionados