Acessar App StoreAcessar Google Play

Água alcalina: será que a ingestão faz realmente bem para sua saúde?


A água alcalina refere-se a água que contém em sua composição sais minerais, como magnésio, cálcio, potássio e bicarbonato de sódio, que caracterizam um pH mais elevado, ou seja, mais alcalino. Este tipo de água é associado, por algumas pessoas, à benefícios a saúde e prevenção de doenças. Vamos entender o porquê dessas alegações? E será que realmente encontram respaldos científicos?

Entendendo a importância da alcalinização no organismo

O pH de uma determinada solução ou meio é classificado por meio de uma escala de 0 à 14, que indica se uma substância é ácida ou alcalina. Valores inferiores a 7 indicam pH ácido e valores acima de 7 indicam pH alcalino.

As reações do organismo acontecem com eficiência quando o pH do sangue encontra-se em uma faixa de pH neutro para alcalino. Um pH alcalino sanguíneo parece ser benéfico para melhora da qualidade de vida e prevenção de doenças. Por outro lado, a acidificação do sangue é relacionada a diversos desequilíbrios orgânicos. Alguns hábitos alimentares são capazes de promover acidificação do pH do sangue, como ingestão excessiva de café, sal, refrigerantes, bebidas alcoólicas, carne vermelha, proteína do soro do leite, açúcares e gorduras.

Efeitos na saúde

A maioria dos benefícios da água alcalina é demonstrada em estudos experimentais com animais e células in vitro. Dentre os benefícios já documentados na literatura acadêmica, observa-se:

  • Redução nos níveis de triglicérides, colesterol e glicose.
  • Neutralização das espécies reativas de oxigênio que são considerados os grandes gatilhos para desenvolvimento das doenças crônicas e envelhecimento.
  • Redução de peso e redução do acúmulo de gordura no fígado.
  • Melhora do processo digestivo.
  • Auxílio nos sintomas de refluxo.
  • Produção de bicarbonato de sódio pelo pâncreas, que é considerado um grande tampão alcalinizante do organismo.
  • Redução da acidose metabólica no organismo.
  • Manutenção da saúde óssea: em indivíduos saudáveis diminuiu a excreção urinária de cálcio e manutenção do metabolismo saudável do osso.

Resumindo

Os efeitos da água alcalina parecem promissores, ENTRETANTO, não encontramos na literatura acadêmica evidências que confirmem os benefícios em humanos. Os resultados são animadores, portanto, com a ressalva que é proveniente de estudos experimentais.

O consumo de água mineral que tem um pH controlado descrito em sua embalagem é uma boa estratégia para escolha da sua água. E NÃO ESQUEÇA, beba água diariamente, de acordo com suas necessidades, ao longo do dia.

Dicas para alcalinização do organismo

Alguns alimentos possuem a propriedade de gerar alcalinização do ph do sangue, entre eles: suco verde, ameixa umeboshi, semente de abóbora, lentilha, brócolis, cebola, batata doce, inhame, lima, nectarina, caqui, framboesa, melão, tangerina, abacaxi, limão, alho, aspargos, rúcula, gengibre, manga, amora e água de coco.

Referências

  1. Ignacio RM, Kang TY, Kim CS, Kim SK, Yang YC, Sohn JH, Lee KJ. Anti-obesity effect of alkaline reduced water in high fat-fed obese mice. Biol Pharm Bull. 2013;36(7):1052-9.
  2. Koufman JA, Johnston N. Potential benefits of pH 8.8 alkaline drinking water as an adjunct in the treatment of reflux disease. Ann Otol Rhinol Laryngol. 2012 Jul;121(7):431-4.
  3. Paschoal V, Naves A, Fonseca ABBL. Nutrição Clínica Funcional. 2013.
  4. Wynn E, Krieg MA, Aeschlimann JM, Burckhardt P. Alkaline mineral water lowers bone resorption even in calcium sufficiency: alkaline mineral water and bone metabolism. Bone. 2009 Jan;44(1):120-4.

//Artigos relacionados